Toracotomia → Significado → Indicações → Informações. [(Saiba Tudo)]

Toracotomia é um processo cirúrgico que existe quando há necessidade de intervenção em algum dos órgãos localizados dentro da cavidade torácica.

Esse procedimento pode ser feito para reparar algum órgão como o pulmão, o esôfago, o timo, a traqueia, o pericárdio, a aorta, algumas partes da coluna e os nervos simpáticos.

Músculos como o diafragma, o linfáticos, os brônquios, o mediastino, o abdômen superior e até mesmo a própria parede torácica.

Em todos esses órgãos, veias, e canais, pode haver a necessidade do cirurgião retirar alguma doença ou tumor que os envolva, ou simplesmente para coletar material para diagnóstico, como uma biopse.

😀

Essa cirurgia pode ser feita com o intuito de retirar partes lesadas de órgãos dentro desse conjunto, sendo assim, o mais comum que pode acontecer é a retirada de um lobo do pulmão, ou qualquer outro órgão inteiro.

Significado

O significado desta palavra é bem simples, e o nome já nos ajuda a lembrar de tórax, pois trata-se de um substantivo feminino que define a incisão no tórax.

🙂

O pós operatório desta cirurgia é doloroso, mesmo com o uso de analgésicos, hoje em dia a Toracotomia está muito moderna, permitindo uma recuperação mais rápida, de qualquer forma, alguns pacientes ficam cerca de uma semana internados.

🙂

Indicações

As toracotomias mais comuns são:

A – Simples:

Unilateral ou hemitorácica, podendo ser anterior, póstero-látero-anterios e axilar.

B – Mediana:

Feita por incisão arciforme, incisão ômega, ou ainda por incisão vertical.

C – Bilateral

A Bilateral por sua vez não tem vertentes.

D – Combinada:

Por incisão tóraco-abdominal, que tem opção de ser feita por variedade unilateral e mediana, ou ou incisão toracocervical, sendo feita por variedade unilateral ou mediana.

Observe como é feito os cortes da maioria delas:

– Mínima: para drenagem torácica: quando é necessário um tratamento emergencial para pneumotórax espontâneo, assim como lesões traumáticas fechadas ou abertas.

– Mediana: faz-se uma abertura completa do do esterno. Este corte também é usado em cirurgias cardíacas, facilitando a exposição do coração.

-Axilar: o próprio nome já nos dá uma noção do que pode ser, é feita uma incisão nas linhas da axila.

– Póstero-lateral: o corte está na mesma linha, ou sentido, do arco costal, a incisão em grande parte das vezes é feita no quinto espaço intercostal. Graças a centralização deste corte, é oferecido ao cirurgião um campo operatório completo.

– Transversa: uma incisão é feita englobando os dois lados do tórax, sempre é necessária em caso de transplante pulmonar duplo ou há traumas no tórax.

Informações

É importante saber que embora o termo toracotomia seja ligado a abertura do tórax, existe varias tipos dessa mesmo cirurgia. E saber qual órgão ou tecido será modificado é importante para entender onde deve ser aberto.

De qualquer forma, qualquer tipo dessa cirurgia é muito estressante para o sistema respiratório, pois envolve uma grande pressão na caixa torácica.

Toracotomia, como qualquer outra de sua gravidade, deve ser feita em um centro cirúrgico equipado com todos os instrumentos que são necessários, tudo esterilizado.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply